“A lição que Abril nos ensina é a da esperança”. Assembleia Municipal celebrou a Liberdade em Casa

Foi através das redes sociais que os deputados municipais vimaranenses deixaram a sua mensagem para este 25 de Abril. Do apelo a que se “cumpra Abril” às chamadas de atenção para “os populismos que emergem”, foram diversas as formas de assinalar a data entre os distintos quadrantes políticos.

©  Direitos Reservados

Por Guimarães, os representantes dos partidos com assento parlamentar na Assembleia Municipal também celebraram Abril. Os seus discursos foram divulgados através de uma série de vídeos divulgados no Facebook da Câmara Municipal.

Pres. Assembleia Municipal – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de José João Torrinha, presidente da Assembleia Municipal de Guimarães.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

O presidente da Assembleia Municipal de Guimarães, José João Torrinha, sublinhou a “necessidade de não se apagar a memória de Abril” e “transmitir aos mais novos que as coisas não foram sempre assim” e que podem “deixar de ser”.   “Essa memória não se pode perder. Não tomemos nada como garantido. A liberdade é o bem mais precioso que temos”, acrescentou. Para José João Torrinha “os riscos estão aí para quem os quiser ver”, dentro e fora de portas, designadamente com “a emergência de discursos xenófobos, de políticas isolacionistas e da desconfiança crónica relativamente a quem nos representa”.

O presidente da Assembleia Municipal frisou ainda a importância de celebrar a liberdade, mesmo numa altura em que estamos “a abdicar de alguma parte dela, a de nos deslocarmos, trabalhar e estar com quem gostamos”. Ainda assim, “a lição que Abril nos ensina é a da esperança”, recordou.

PS – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de Paulo Lopes Silva, do Partido Socialista.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

Do lado do partido com maior representação na Assembleia Municipal, o socialista Paulo Lopes Silva lembrou que Abril trouxe “o debate político, o regular funcionamento das instituições, o estado social, a escola pública, a proteção, o acesso à cultura para todos, e, fundamentalmente o Serviço Nacional de Saúde, que tem sido o pilar deste combate”. O deputado do Partido Socialista deixou igualmente uma mensagem de “esperança”. “Tenhamos esperança e perseverança em Abril e nas suas conquistas, no sistema político que construímos nestes 46 anos, no qual continua a residir as propostas que nos permitem acreditar num futuro melhor”, apontou. Além disso, é necessário estar atento aos “pequenos focos que vão surgindo assentes no populismo, em discursos obscuros e de medo procurando que os receios que estes tempos trazem, se traduzam em rejeição do outro ou em divisões por estrato social, crença ou local de nascimento”, defendeu.

PSD – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de Paula Lemos Damião, da Bancada Parlamentar do PSD.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

Por sua vez, do PSD, a mensagem chegou pela deputada Paula Lemos Damião, que defendeu que a “Revolução de Abril não se esgota no memorável 25 de abril de 74”. “Comemorar abril não é colocar um cravo na lapela e dizer “Abril sempre”. Não uso cravo nem dele preciso, sendo que o respeito”, apontou. A deputada falou ainda sobre “o avassalador momento da pandemia da Covid-19”, que, defendeu, “não mostrou ainda a alguns que, nestas circunstâncias, todos somos iguais”. “E os que exercem altas magistraturas, têm que dar o exemplo. É o Covid-19 e a exigência de manter a distância social que impõe que estejamos mascarados em locais fechados onde estejam muitas pessoas. E quem tal questiona, não cumpre e desconsidera a diretriz, não faz jus à estatura do cargo”, comentou.

CDS – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de Paulo Peixoto, da Bancada Parlamentar do CDS-PP.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

Já Paulo Peixoto, da Bancada Parlamentar do CDS-PP, disse que “são momentos como estes que nos fazem dar o verdadeiro valor ao sentido de liberdade”. “De um dia para o outro, ficaram privados da sua liberdade, a de se movimentarem, a de frequentarem os mesmos locais, a de manterem os filhos nas mesmas escolas, a de manterem os pais nas mesmas instituições, a de manterem o mesmo nível de vida”, apontou. O centrista disse ainda que “quem tem a missão de comandar os destinos do país, numa época absolutamente extraordinária e difícil” deve saber “interpretar a liberdade que o 25 de Abril nos concedeu, associada à tolerância conquistada no 25 de Novembro, no sentido de ultrapassarmos esta fase difícil”.

CDU – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de Pedro Ribeiro, da Bancada Parlamentar da CDU.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

Por sua vez, Pedro Ribeiro, da bancada da CDU, apontou as conquistas de Abril, destacando o Serviço Nacional de Saúde. “Abril é Serviço Nacional de Saúde. Universal e acessível para todos. Hoje vemos o valor e importância do Serviço Nacional de Saúde, um dos pilares da democracia e uma conquista de Abril”, elogiou. Porém, para o deputado, Abril tem de continuar a ser sinónimo de luta. “É luta contra o abuso, a arbitrariedade, o ataque aos direitos dos trabalhadores. Luta de um país que tem hoje um milhão de trabalhadores em lay off e milhares de novos desempregados. É luta contra as férias forçadas, corte nos salários, desregulamentação dos horários de trabalho, bancos de horas, violação das mais elementares regras de segurança e higiene no trabalho, pressões, chantagem, medo” reforçou.

BE – Mensagem 25 de abril

25 de abril – Liberdade em casaMensagem de Sónia Ribeiro, da Bancada Parlamentar do Bloco de Esquerda.

Posted by Mais Guimarães on Friday, 24 April 2020

Da Bancada Parlamentar do Bloco de Esquerda, Sónia Ribeiro, reforçou que, em altura de pandemia, se deve “cumprir Abril”. “Que haja coragem e determinação para tomar as decisões que se impõem”, defendeu. “A austeridade não é solução agora como não foi então. Que se cumpra Abril. Que aprendamos com os erros do passado. Não podem ser sempre os mesmos a pagar a fatura. É preciso valorizar o emprego e quem trabalha. Que haja coragem e determinação”, apelou.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?