“A PARTILHA É A ALMA DO NEGÓCIO” NO GUIMARÃES WINE FAIR

©  Mafalda Oliveira/ Mais Guimarães

Arrancou esta sexta-feira a segunda edição do Guimarães Wine Fair, que decorre no Multiusos de Guimarães até domingo. A abertura do evento contou com a presença do vereador para o desenvolvimento económico, Ricardo Costa, que apelou à criação de sinergias empresariais.

“Hoje aqui temos um exemplo claro de como devemos trabalhar. Jamais em tempo algum o segredo é a alma do negócio. Claramente, a partilha e a alma do negócio”, afirmou o vereador, referindo-se às diferentes entidades a cargo da organização: o E.Leclerc de Lordelo-Guimarães, e, entre outros, da Câmara Municipal. O vereador apontou que é necessário “unir esforços porque o mundo real é muito difícil e competitivo. Só congregando e conjugando sinergias seremos capazes de ter sucessos”, frisou.

No Guimarães Wine Fair apresentam-se este ano mais de 150 produtores, com mais de 3 mil vinhos em exposição. Ricardo Costa destacou a importância de as empresas saberem comunicar os seus produtos e que, no caso dos vinhos, essa capacidade reflete-se no design das garrafas, no rótulo e nas caixas que as transportam. “Hoje o vinho não tem apenas a finalidade do que é ser vinho. Claro que quando compramos vinho – seja ele qual for – obviamente que tem o fim em si próprio de beber e partilhar momento, mas trata-se de um artefacto valorizado não só pelo líquido dentro da garrafa, mas também pelo design e pelo rótulo na caixa. Hoje fiquei muito satisfeito pelos stands. Vi o cuidado que têm nos rótulos que incorporam no vinho”, apontou.

©  Mafalda Oliveira/Mais Guimarães

Na abertura do evento, Gabriel Silva, responsável da Evineo, (que também faz parte da organização) apontou que Guimarães tem uma “ligação histórica ao vinho”, daí fazer “todo o sentido”, o evento realizar-se na cidade berço. “Se há cidade onde faz sentido ter um evento dedicado ao vinho, é Guimarães. Guimarães hoje destaca-se pela inovação na comunicação dos produtos, pela forma como se posiciona os vinhos nos mercados”, apontou.

No Guimarães Wine Fair apresentam-se este ano mais de 150 produtores, com mais de 3 mil vinhos em exposição. As portas abrem, nos primeiros dois dias, às 14h00 e fecham às 22h00. Já no domingo, último dia do certame, pode-se visitar a feira também a partir das 14h00, mas o fecho dá-se um pouco mais cedo, às 20h00. A feira tem o custo de 10 euros, incluindo um copo, e um vale de 5 euros para quem comprar produtos cujo valor seja superior a 30 euros.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?