Alerta máximo em Vizela

Com 536 casos positivos ativos e 2.958 novos infetados por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, Vizela está em alerta máximo.

Numa nota publicada na sua página de internet o Município faz saber que, neste momento, “Vizela é um dos concelhos do País com maior número de incidência de casos covid-19, estando sob um conjunto de medidas restritivas decretadas para os concelhos de elevado risco, atendendo à escalada do número de infetados por aquela doença”.

A Câmara Municipal de Vizela aponta três fatores para explicar a situação em que o concelho se encontra: o facto de se tratar de um concelho com uma elevada densidade populacional, 24 mil habitantes para 24 quilómetros quadrados; a situação geográfica do concelho numa “das regiões mais afetadas pela covid-19, com incidência sete vezes maior que em abril”; o tipo de empresas existentes, que empregam fundamentalmente mão-de-obra manual, “desempenhada de modo físico e presencial, sem possibilidade de recurso a formas de trabalho à distância”.

A Câmara de Vizela considera ainda como relevante para a situação epidemiológica do concelho, a proximidade com os concelhos mais afetados pela segunda vaga da pandemia: Lousada, felgueiras e Guimarães. Apontando os movimentos pendulares entre estes concelhos.

A Câmara reconhece nesta nota o “cansaço e a desmotivação”, mas apela, “mais uma vez à população vizelense, para respeitar as recomendações das autoridades, em especial o uso obrigatório de máscara, a prática de distanciamento social, a limpeza e desinfeção das mãos e a etiqueta respiratória, para evitar a transmissão da doença na nossa comunidade”.

O concelho de Vizela já teve mais de uma dezena de mortos por covid-19 e tem atualmente 205 alunos em isolamento profilático

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?