AS GRANDES OPÇÕES DA AUTARQUIA PARA 2019

São 105,5 milhões de euros que o Executivo da Câmara Municipal de Guimarães tem para gerir. Conheça aqui os grandes investimentos para 2019, nas diversas áreas, sendo que a maior aposta é na Educação, em especial no Ensino Superior, com vista a que o Berço ganhe mais força como cidade universitária.

 

 

A Câmara Municipal de Guimarães aprovou para 2019 um orçamento de 105,5 milhões, o que representa um decréscimo de três milhões e 800 mil euros em relação ao ano anterior. A aposta principal foi na Educação, com especial enfoque no Ensino Superior e unidades de formação e investigação ligadas à internacionalização de Guimarães. A autarquia vimaranense apostou ainda na habitação, na sustentabilidade ambiental e na coesão territorial.

O documento, que tem como função gerir e guiar os destinos do município de Guimarães em 2019, foi aprovado em Reunião de Câmara e será votado também em Assembleia Municipal.

Educação
A área que mais recebe investimento em 2019 é a Educação. O município está focado em tornar Guimarães numa cidade universitária, e com esse objetivo em vista, grande parte do orçamento está destinado ao Ensino Superior. A requalificação do edifício Jordão e garagem Avenida, para servir a Escola de Música e Artes Performativas e Visuais, em 2019, representa um investimento oito milhões e 200 mil euros. Até ao final do mandato, está previsto gastar mais 5,3 milhões nesta empreitada. A Universidade das Nações Unidas, a ser construída na antiga empresa Freitas & Fernandes, terá um investimento de um milhão de euros para o ano, e até 2021 serão investidos mais 100 mil euros. Para a Escola Hotel, do IPCA, serão, para já direcionados 500 mil euros, mas é esperado um investimento total de 11,5 milhões de euros.

Em relação ao Ensino Básico, o município destinou verbas para melhorar as condições de estudo aos jovens vimaranenses. O novo Centro Escolar de Moreira de Cónegos terá um investimento de 150 mil euros em 2019, mas nos dois anos seguintes, o orçamento previsto para a obra é de 3,68 milhões de euros. A EB 2,3 de S. Torcato será alvo de uma requalificação avaliada em 1,5 milhões de euros, mas serão investidos em 2019 apenas 100 mil euros. A EB 1 de Casais Brito vai receber obras avaliadas em 800 mil euros em 2019.

Saúde
A obra de requalificação e ampliação do serviço de Urgência do Hospital Senhora da Oliveira será a grande empreitada na área da Saúde em 2019. Embora o investimento seja do Governo, a autarquia vimaranense terá de desembolsar mais de 1 milhão para esta obra e também para a construção do novo Centro de Saúde de Moreira de Cónegos.

 

Leia o artigo na íntegra na edição desta semana do Mais Guimarães, nas bancas esta quarta-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?