AUTARQUIA ASSUME CULPA NO ATRASO DA REQUALIFICAÇÃO DOS FORNOS DA CRUZ DE PEDRA

Domingos Bragança reconheceu a culpa da Câmara de Guimarães, relativamente ao atraso da obra de requalificação dos fornos da Cruz de Pedra. O tema surgiu durante a reunião de Câmara, que decorreu na passada quinta-feira, na discussão e votação da proposta que inclui essa zona na operação de reabilitação urbana da ARU (Área de Reabilitação Urbana).

O projeto de intervenção foi apresentado há dois anos e era previsto que a obra avançasse em 2018. “Aqui a culpa é nossa. Eu tenho feito pressão sobre os serviços, que me têm respondido com sobrecarga de trabalho”, assumiu o autarca vimaranense, à margem da reunião do Executivo.

Recorde-se que a intervenção neste local emblemático de Guimarães foi apresentada em período de campanha pré-eleitoral, em que Domingos Bragança foi reeleito. O projeto pretendia restaurar o edifício, com vista à criação de uma escola de olaria.

Leia o artigo na íntegra na próxima edição do Mais Guimarães.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?