BMW de Cabrita era de traficante de Guimarães

O carro em que seguia ministro da Administração Interna quando atropelou mortalmente um homem, no dia 18 de junho, na A6, é de um traficante de Guimarães. O dono do automóvel está agora a exigir a devolução do carro, considerando que foi indevidamente apreendido.

Foto: DR

Segundo o JN, o proprietário da viatura, condenado por tráfico de drogas a oito anos de cadeia num processo transitado em julgado, em 2018, deu entrada em tribunal com uma ação de embargo do arresto da viatura.

O JN adianta que o BMW 740d tinha sido apreendido no âmbito de um processo de perda ampliada de bens resultantes de atividades criminosas, por o seu proprietário não ter rendimentos declarados que justificassem o património. Em causa estavam 130 mil euros.

Segundo o próprio gabinete de Eduardo Cabrita, embora não tenha sido declarado perdido a favor do Estado, foi emitida para o carro “uma guia para poder circular válida até maio de 2023”, pela Entidade de Serviços Partilhados de Compras Públicas, que permitia a sua utilização ao serviço do ministro ou por outra entidade do Estado.

Ainda de acordo com o JN, o proprietário foi informado pelo tribunal de Penafiel do destino dado ao automóvel, num processo que preencheu todas as formalidades legais. Ao Correio da Manhã, porém, a família afirmou-se surpreendida por ver que o carro estava a ser utilizado pelo Governo. “A mulher do meu cliente está indignada com a situação e o próprio arguido, que desconheciam por completo que o veículo estava a ser utilizado, aliás pensavam que estava parado num parque de estacionamento das autoridades policiais”, disse Pedro Miguel Carvalho, advogado do proprietário da viatura.

O advogado confirma a existência da ação de embargo, baseada no facto de o automóvel não estar registado, inicialmente, em nome do condenado, por quem era sempre utilizado, mas sim em nome de uma empresa em que é sócia a sua sogra.

A decisão sobre o destino do carro caberá ao Tribunal de Penafiel. Se o juiz der razão ao proprietário, o Estado terá de lhe devolver o BMW na mesma condição em que o recebeu.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?