Bolsas de Criação integram Agenda Cultivar da AAUMinho

Com um novo tema para o mês de setembro, Cultivar as Ruínas, a Agenda Cultivar da Associação Académica do Minho (AAUMinho) integra agora três bolsas de criação que visam alargar oportunidades na concretização de projetos dos estudantes minhotos. 

Com o objetivo de incentivar a criação artística aliada à dinamização cultural na cidade de Guimarães, Cultivar as Ruínas nasce como uma fonte de aproximação dos alunos de todos os campi à cidade berço e tem inscrições abertas até dia 1 de novembro para todos os estudantes da UMinho.

Assim, as bolsas agora criadas servirão também de apoio monetário para os grupos de estudantes que pretendam desenvolver os seus projetos e, ainda, visam aumentar a visibilidade das respetivas obras através dos meios de comunicação da associação. Segundo o presidente da AAUMinho, “esta iniciativa é uma forma de emancipação fundamental para os jovens artistas universitários e uma oportunidade de qualidade para projetos na área cultural e artística, que por si só já é, geralmente, mais desafiante. Da mesma forma, vem fortalecer a ligação da academia com a cidade de Guimarães, um objetivo antigo da AAUMinho.”  

Com o mote de aproximação a Guimarães, aos seus espaços e à sua comunidade, a AAUMinho pretende inserir, através de novos projetos culturais, os estudantes na própria vida da cidade vimaranense. 

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?