Bruno Fernandes: “Só nos concentramos nessa coligação natural e não avaliamos, sequer, outras possibilidades”

No final da cerimónia de assinatura do acordo de renovação da coligação Juntos por Guimarães, que decorreu na sede do PSD no Largo do Toural, questionado pelos jornalistas sobre a disponibilidade da coligação em acolher outros partidos, Bruno Fernandes referiu que “do ponto de vista da coligação formal, a coligação está fechada”, adiantando, no entanto, estarem “sempre abertos para apoios individuais e apoios coletivos, sejam de partidos ou pessoas”.

Questionado concretamente sobre a possibilidade de acolherem o “partido Chega” na coligação, Bruno Fernandes foi perentório, afirmando que “nós já o dissemos de uma forma muito clara que a coligação natural é com o CDS – Partido Popular. Só nos concentramos nessa coligação natural e não avaliamos, sequer, outras possibilidades”.

Recorde-se que, em 2017, a coligação Juntos por Guimarães incluiu o PSD, o CDS, o Partido Popular Monárquico e o Partido Pro- Vida/Cidadania e Democracia Cristã.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?