CÂMARA ATRIBUI MAIOR SUBSÍDIO DE SEMPRE ÀS INSTITUIÇÕES CULTURAIS E RECREATIVAS

A Câmara Municipal de Guimarães deliberou a atribuição de apoios num valor total de 182 064,46 euros, destinados a atividades ou investimentos a realizar no 2.º semestre de 2018. Trata-se do maior valor de sempre atribuído às associações inscritas no Registo Municipal de Entidades Culturais, Artísticas, Recreativas e Humanitárias do Concelho de Guimarães (RMECARH), sendo a primeira vez que foi utilizado o método de candidaturas submetidas através do Portal do Associativismo, assegurando de uma forma justa a atribuição destes subsídios.

“Há uma aposta clara da Câmara Municipal em apoiar as associações de Guimarães que apresentem projetos concisos e de qualidade, no âmbito da promoção da cultura e criações artísticas. Verificamos com enorme agrado o elevado número de projetos que foram submetidos, assim como a qualidade dos mesmos. Como tal, é natural que o valor a atribuir também seja superior para a execução desses projetos”, considerou a vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Adelina Pinto.

Recorde-se que, em 2017, o valor total atribuído às instituições no âmbito do RMECARH foi de 222 mil euros e no presente ano de 2018 esse montante atingiu os 289 628,00 € (dois semestres), verificando-se um aumento considerável fruto do maior número de candidaturas. No último semestre registaram-se 22 candidaturas a este apoio e esse número mais do que duplicou para o segundo semestre com a apresentação de 47 candidaturas, sendo o reflexo da dinâmica associativa do concelho.

Na reunião do Executivo Municipal desta quinta-feira, 21 de junho, foi aprovado na generalidade a atribuição de 156 000,00 € em apoios financeiros no âmbito das atividades, distribuídos da seguinte forma: Assembleia de Guimarães (5 020,00 €, Unidade Vimaranense – uma história que nos caracteriza); Associação  Cultural Outra Voz (9 465,00 €, Histórias, pedras e farnel); Associação de Amigos do Paço dos Duques de Bragança e do Castelo de Guimarães (5 750,00 €, Ano Europeu do Património Cultural: Vamos descobrir D. Afonso Henriques e D. Afonso, duque de Bragança); Associação dos Amiguinhos do Museu de Alberto Sampaio (5 400,00 €, Realização da edição de 2018 do Museu à Noite, com a exposição Specularis); Associação dos Amiguinhos do Museu de Alberto Sampaio (3 000,00 €, Teatro de Marionetas – Mumadona Dias); Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (11 000,00 €, XXIV Feira da Terra); Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (2 200,00 €, Produção e apresentações da peça: Os três Malotas) Associação Pontos Comuns (6 575,00 €, TEDx Guimarães 2018 | Tema: Raízes); Associação Puzzlianos – C.J.G. (1 500,00 €, Youth Cultural Fest); Associação Teengroup – J.A. (3 000,00 €, Residência artística jovem 2018); Casa da Juventude de Guimarães (3 000,00 €, Capacit’Arte) Casa da Juventude de Guimarães (5 000,00 €, Junt’Arte +); Casa do Povo de Briteiros (6 000,00 €, Citânia Viva); CemCenas Associação Cultural (750,00 €, Festival de Teatro CemCenas); Circulo de Arte e 1Recreio (7 500,00 €, Liberars); Comissão de Festas Dar Vida à Vila (2 000,00 €, Dar Vida à Vila); Comissão de Festas Dar Vida à Vila (4 000,00 €, Caldas das Taipas, Vila Natal); Convívio Associação Cultural e Recreativa (12 500,00 €, Guimarães, O Verão É Jazz 2018); Convívio Associação Cultural e Recreativa (7 500,00 €, Guimarães Suave Fest’18); DEMO – Dispositivo Experimental Multidisciplinar Orgânico (6 540,00 €, MITOS); Grupo Folclórico da Corredoura (6 000,00 €, Fest’In Folk Corredoura); Junta de Freguesia de Caldelas (3 000,00 €, Dia das Comunidades e Turistas da Vila); Junta de Freguesia de Caldelas (1 000,00 €, Programação de Verão); Muralha – Associação de Guimarães para a Defesa do Património (4 200,00 €, Coleção de Fotografia da Muralha: espólio da Foto Beleza e Foto-Cine); Ó da Casa! Associação Cultural (10 000,00 €, Guimarães noc noc); Osmusiké – Associação Musical e Artística do Centro de Formação Francisco de Holanda (4 000,00 €, Concerto de Gala Sons de Outono); Osmusiké – Associação Musical e Artística do Centro de Formação Francisco de Holanda (2 000,00 €, Cinderela Borralheira); Sociedade Musical de Pevidém (4 000,00 €, Intercâmbio Cultural) e Through Universe – Associação (15 000,00 €, Mucho Flow 2018).

 

Foi aprovado, ainda, na generalidade a atribuição de 26 064,46 euros em apoios financeiros a investimentos às seguintes instituições Casa do Povo de Fermentões (11 464,46 €, requalificação do espaço); Centro de Entretenimento Apoio à Juventude – CEAJ (2 500,00 €, aquisição de equipamento) Sociedade Musical de Pevidém (10 000,00 €, remodelação da cobertura da sede) e Sociedade Musical de Pevidém (3 000,00 €, novo fardamento – Banda Musical de Pevidém).

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?