Câmara de Guimarães apresenta programa de aceleração de startups e Incubação Industrial

Programa pretende apoiar o desenvolvimento e o crescimento de ideias de negócio, estabelecendo uma ligação entre novos empreendedores e as indústrias do Município, em parceria com a TecMinho.

© Direitos Reservados

Set.Up IN(dustry) é um programa intensivo de aceleração de startups, desenvolvido pela Câmara Municipal de Guimarães, através da Set.Up Guimarães em parceria com a TecMinho, e que pretende apoiar a nova geração para o desenvolvimento e o crescimento de ideias de negócio, criar uma ligação entre novos empreendedores e as indústrias que integram o projeto Guimarães Marca, suportando o crescimento de uma nova cultura industrial na região, baseada em soluções inovadoras.

O vereador da Divisão do Desenvolvimento Económico (DDE), Ricardo Costa, destacou o “trabalho de terreno já efetuado numa estreita ligação com as empresas, através de várias visitas, para ver quais as ideias que melhor encaixam e podem ser apresentadas no sentido de ir ao encontro das necessidades das empresas para capacitar o desenvolvimento tecnológico”. Ricardo Costa sublinhou a ligação à Universidade do Minho, através da TecMinho, para potenciar o conhecimento e até promover candidaturas a fundos comunitários neste desafio que está a ser lançado às empresas.




O diretor geral da TecMinho, Filipe Soutinho, realçou a “incubação industrial” como uma “componente inovadora” ao ponto de vincar que “o município de Guimarães marca a diferença em relação a outros programas que existem no país”.  A TecMinho, enquanto interface mais antiga do país para o tecido empresarial, assume o “papel de promover esta ligação com a indústria, sendo fundamental reunir ideias com valor acrescentado e potencial para implementar esta dinâmica e que irá resultar na criação de maior valor, mais emprego, mais empresas e mais riqueza para a região”, referiu Filipe Soutinho, em conferência de imprensa realizada esta terça-feira.

As candidaturas devem ser apresentadas até 26 de maio, através do preenchimento online de um formulário específico de candidatura. Os candidatos podem concorrer individualmente ou em grupo, mas só poderá apresentar uma ideia ao Set.Up IN(dustry). Segundo a chefe de divisão da DDE, Marta Mota Prego, “este programa pretende apoiar o desenvolvimento e o crescimento de ideias de negócio, através da ligação entre novos empreendedores e as indústrias do Município de Guimarães suportando o crescimento de uma nova cultura industrial na região, baseada em soluções inovadoras”.

O programa está dividido em duas fases, consistindo na realização de oito workshops numa primeira fase para a aceleração de ideias e, depois na fase de incubação industrial com o acompanhamento de um mentor.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?