Carlos Neves aponta a subida como meta

Dirigente justificou a aposta em Marco Rodrigues.

Carlos-Neves-barra
© Cláudia Crespo/Mais Guimarães

Carlos Neves, presidente do Ases, foi objetivo nas metas traçadas para o novo ano desportivo. “O Ases parte com o mesmo objetivo de outras épocas. Nesta divisão só temos um caminho e esse caminho passa pela subida”, disse.

“Fizemos duas épocas perto dos lugares cimeiros. Este ano tentamos fazer algumas alterações, quer na equipa técnica, quer nos jogadores. Alteramos para atacar ainda com mais força a subida. Não quer dizer que quem esteve não tenha feito um bom trabalho, mas foi necessário fazer alterações”, acrescentou.

Sobre a escolha de Marco Rodrigues para o comando técnico, o jovem presidente justificou a aposta. “Foi um dos treinadores que entrou no primeiro lote. O Ases tem de ter sempre um leque de treinadores. Depois de conversar com vários, chegamos à conclusão que seria a pessoa certa, até porque conhece o clube e nós conhecíamos o Marco”, justificou.

Na luta pela subida, Carlos Neves perspetiva equilíbrio. “Temos 13 jogadores novos, equipa técnica nova, processos novos, mas sabemos que as outras equipas optarem pelo mesmo. É um campeonato duro, de duelos, quase de vizinhos, mas acho que partimos todos de igual. Quem treinar melhor e entrar com mais garra, sairá mais vezes vencedor”, concluiu o responsável máximo do clube.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES