Censos 2021: informação preliminar chega em outubro

De acordo com o Programa de Ação para os Censos 2021, os resultados preliminares devem ser apresentados “até quatro meses após o momento censitário”. Uma vez que o prazo para responder aos censos foi prolongado até ao final do mês de maio, no máximo em outubro devem ser conhecidos estes resultados.

O Censos são realizados a cada dez anos, nos anos terminados em “um”. Os últimos foram realizados em 2011. Esta operação estatística, levada a cabo pelo Instituto Nacional de Estatística, permite dar resposta a perguntas como: quantos somos, como somos, onde e como vivemos.

Vamos finalmente saber, por exemplo, se a população em Guimarães continua a decrescer. Entre 2001 e 2011 a população residente no concelho de Guimarães decresceu de 159.576 habitantes para 158.124, menos 1.452. Na mesma altura Braga cresceu de 164.192 para 181.494 habitantes e Famalicão de 127.567 para 133.832, mais 17.302 e mais 6.265 habitantes, respetivamente.

Com as primeiras hostilidades da pré-campanha autárquica a centrarem-se em questões como o custo da habitação, a atratividade do concelho e as acessibilidades, será muito curioso conhecer estes números.

Despois dos resultados preliminares, o INE publica os resultados provisórios até 10 meses(março 2022) depois dos Censos e os resultados finais até 18 meses (novembro 2022) após a realização da operação.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?