Derrota na despedida

O Moreirense despediu-se da temporada 2019/2020 com uma derrota caseira. Diante o aflito Tondela, que se apresentou em Moreira de Cónegos necessitado de pontuar para garantir a permanência, o conjunto beirão festejou a manutenção com uma vitória tangencial, por 2-1, com golos obtidos da marca dos onze metros. João Pedro e Pepelu não vacilaram diante Pasinato.

O equilíbrio foi nota dominante nos primeiros 45 minutos, com ritmo e oportunidades na primeira meia-hora. No entanto, com menor ou maior dificuldade, os guarda-redes foram mantendo o nulo. O desequilíbrio apenas surgiu da marca dos onze metros. O remate de Murillo foi travado de forma ilegal e João Pedro, produto da formação do Vitória, não vacilou no duelo com Pasinato.

Com uma entrada forte na segunda parte, o Moreirense encostou o Tondela ao seu setor defensivo e chegou com justiça à igualdade, por intermédio de João Aurélio. Os beirões acusaram o golo, mas tiveram forças nos minutos finais para chegar à grande área local. E, num lance inofensivo, houve nova falta para grande penalidade. Pepelu teve nos pés a oportunidade de arrumar com as contas da permanência e correspondeu com eficácia aos anseios do coletivo.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?