Ecovia do Ave: primeiros trabalhos em Ponte

A Eco Via do Ave, uma pretensão da Câmara Municipal de Guimarães em conjunto com as freguesias banhadas pelo rio, está a ter na Vila de Ponte os primeiros sinais de avanço.

A Junta de Freguesia de Ponte iniciou recentemente os trabalhos de limpeza junto ao rio Ave, no âmbito do projeto da Ecovia do Ave. Os trabalhos decorrem entre a zona conhecida como “antigos aviários” e o parque de lazer da Ínsua, continuando pelo parque de lazer de Ponte até à zona em frente ao parque de lazer da Praia Seca.

No momento da inauguração da primeira fase da Ecovia de Guimarães, Domingos Bragança anunciou, o objetivo de expandir a Ecovia ao longo do Rio Ave.

“Para além das inúmeras valências que estão a ser criadas, este corredor verde será dotado de mobiliário urbano e sinalética informativa, bem como de marcos quilométricos, o que permitirá promover atividades de contacto com a natureza e usufruto da paisagem. Com mais de 5,5 quilómetros de margem com o rio Ave, sendo que 2,3 quilómetros são em ambas as margens, Ponte é a Vila do concelho de Guimarães com mais território que confina com este valioso recurso hídrico. Com o início da construção da futura Ecovia, e com a aposta reiterada na limpeza das margens e leito do rio, torna-se possível disponibilizar a todos novas zonas de excelência. É este caminho que estamos a percorrer e vamos continuar a trilhar”, anuncia a Junta de Freguesia.

O rio Ave nasce na serra da Cabreira e estende-se por cerca de 90 quilómetros, até à foz, em Vila do Conde. O rio Ave atravessa sete concelhos: Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde.

A grande maior parte da extensão do rio Ave fica em território vimaranense, 30 quilómetros, ou seja, um terço é no concelho de Guimarães.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?