ESCOLAS DE GUIMARÃES SEM AULAS DEVIDO A GREVE

Esta sexta-feira está a decorrer um protesto e uma manifestação de trabalhadores da Administração Pública.

A greve dos trabalhadores da Administração Pública está a afetar o funcionamento de algumas escolas de Guimarães. Na Escola Secundária Martins Sarmento, na EB1 de Motelo, em Fermentões e na EB1 de Oliveira do Castelo os funcionários aderiram à greve, o que obrigou à suspensão das aulas.

É a primeira jornada de luta na vigência do Governo liderado por António Costa. A Frente Comum exige aumentos de salários, o descongelamento de carreiras e 35 horas de trabalho semanal para todos.

O Executivo já apresentou aos sindicatos da Função Pública uma proposta para negociar em 2017, nomeadamente a resolução das situações de precariedade.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

SUBSCRIÇÃO GRÁTIS

RECEBA O JORNAL MAIS GUIMARÃES

NO SEU EMAIL

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?