GNR com mão pesada nas Taipas

A Guarda Nacional Republicana  das Taipas, correspondendo ao que lhe foi pedido pela  Junta de Freguesia de Caldelas, tem tido mão pesada com o “estacionamento indevido”.

Em reunião ocorrida recentemente entre a Junta de Freguesia de Caldelas e a GNR, a  Junta fez notar a sua preocupação pelo “estacionamento indevido” que considera  uma “prática enraizada na Vila das Taipas”, nomeadamente em cima dos passeios, o que “danifica o património da freguesia”. Um dos exemplos apresentados pela Junta de Freguesia foi a rua Reitor Antunes Machado, onde a atuação da GNR se tornou constante. Os comerciantes queixam-se que os guardas passam pela rua, “a multar, às vezes mais do que uma vez por dia”.  Os comerciantes queixam-se, alguns deles estabelecidos naquela rua há dezenas de anos, queixam-se que nem para fazer cargas e descargas a GNR tem tolerância.

As coimas têm sido aplicadas não só a quem estaciona em cima do passeio, mas também a quem estaciona no lado oposto da rua, apesar de não haver sinalização a proibir. Para a GNR a explicação prende-se com a falta de espaço para fazer a circulação nos dois sentidos, se houver carros estacionados.

Entretanto, na terça-feira, dia 05 de agosto, foi colocado na rua o sinal a proibir o estacionamento.

 

 

 

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?