GUIDANCE: O QUE VER AO LONGO DE 10 DIAS

O festival de dança contemporânea vimaranense tem os olhos postos no mundo e coloca a mulher ao centro. Arranca esta quinta-feira.

Quinta-feira, dia 06, 21h30

© Direitos Reservados

Onironauta, Tânia Carvalho

Sete bailarinos ou encarnações físicas de um onirismo sob controlo. Sete corpos saídos dos limbos amargos de um sono desperto, acompanhados em cena pela criadora, ao piano. No Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor (CCVF). As entradas únicas custam 10 euros.

Sexta-feira, dia 07, 21h30

© João Bastos/ Mais Guimarães

Esplendor e Dismorfia, Vera Mantero e Jonathan Uliel Saldanha (Estreia Nacional)

Estreia nacional. É a mais recente criação de Vera Mantero, a coreógrafa em destaque nesta edição do Guidance. No pequeno auditório do CCVF, por 7,50 euros.

Sábado, dia 08, 18h30

© Direitos Reservados

Rite of Decay, Joana Castro (Estreia Absoluta)

Uma dança sobre a morte, ou várias mortes. A coreógrafa parte da ideia da gestão de um corpo que se desmultiplica noutros, já extintos ou por vir. A entrada vale 7,50 euros. No Centro Internacionald as Artes José de Guimarães (CIAJG).

Sábado, dia 08, 21h30

© Diretos Reservados

Outwitting the Devil, Akram Khan Company (Estreia Nacional)

O bailarino e coreógrafo inglês leva, ao Grande Auditório do CCVF, “Outwitting the Devil”. O espetáculo é inspirado num fragmento da Epopeia de Gilgamesh. Os preços fixam-se nos 10 euros.

Quarta-feira, dia 12, 21h30

Os Serrenhos do Caldeirão, Vera Mantero

© Direitos Reservados

O segundo espetáculo com a coreógrafa em destaque é uma criação de 2012. A entrada tem o valor de 7,50 euros. Segue-se uma conversa com três dos principais criadores no Guidance no Pequeno Auditório.

Quinta-feira, dia 13, 21h30

Bacantes – Prelúdio para uma Purga, Marlene Monteiro Freitas

© Direitos Reservados

Espetáculo inspirado na tragédia grega de Eurípides, onde se percorre o delírio, o irracional, a histeria, a loucura, vai-se da ilusão à cegueira e da cegueira à revelação. Música, dança e mistério entre os campos de Apolo e Dionísio. No Grande Auditório. Bilhetes a 10 euros.

Sábado, dia 15, 16h00

O que não acontece, Sofia Dias e Vítor Roriz

© Direitos Reservados

A tensão entre dois bailarinos. A peça começa com um espaço vazio que progressivamente se enche de palavras e gestos. No final de tudo, sobressai o desejo de estar em relação e de construir um espaço comum. Por 7,50 euros, no Pequeno Auditório.

Sábado, dia 15, 18h30

Dias Contados, Elizabete Francisca (Estreia Absoluta)

© Direitos Reservados

Uma reflexão às transformações socioeconómicas numa grande cidade, que levam a repensar modos de vivência, de resistência e de insurreição. Os bilhetes custam 7,50 euros. Na Blackbox do CIAJG. Dias Contados põe em palco Elizabete Francisca e Vânia Rovisco.

Sábado, dia 15, 21h30

The Rite of Spring + HENRI MICHAUX: MOUVEMENTS, Compagnie Marie Chouinard (Estreia Nacional)

© Direitos Reservados

Marie Chouinard, bailarina e coreógrafa canadiana com mais de 40 anos de carreira, estreia-se em Guimarães com duas peças. No Grande Auditório, por 10 euros. No final, há uma talk com a coreógrafa. Já no domingo, a partir das 11h00, masterclass com Chouinard.

Domingo, dia 16, 16h00

Des gestes blancs, Naïf Production (Estreia Nacional)

© Direitos Reservados

A história de um filho e o seu pai contada através da dança e da confiança mútua. Entre a correria e euforia de uma criança de 8 anos e a idade adulta do seu progenitor. Uma jornada de descoberta para ambos, na qual o filho imita os passos do pai — e vice-versa. Uma criação de Sylvain Bouillet. Por 2 euros, no Pequeno Auditório.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?