GUIMARÃES TEM CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA ACIMA DA MÉDIA

Os vimaranenses estão a consumir mais energia elétrica do que aquela que é a média nacional. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE), e dizem respeito ao ano de 2017.

Com uma aposta cada vez mais intensificada do município nas políticas de sustentabilidade, Guimarães continua a registar consumos elevados quando comparados com os restantes concelhos do país, nomeadamente fazendo uma comparação direta com os limítrofes. Ainda assim, os dados dizem respeito ao ano de 2017, pelo que o verdadeiro impato das políticas e ações de sensibilização mais recentes apenas se devem refletir num estudo a incidir sobre 2018.

Tendo em conta um universo de 76.040 consumidores, o consumo total de energia elétrica foi de 10.470 quilowatt-hora (kwh) por consumidor. Segundo os dados do INE, a média nacional situou-se nos 7.349, sendo que a realidade de Braga, Vila Nova de Famalicão e Fafe não é muito diferente. A capital de distrito tem um total de consumidores fixada nos 98.248, mas consegue registar um consumo significativamente mais baixo do que Guimarães, e mais baixo também do que a média nacional. Em Braga, consumiu-se 6.581 kwh por consumidor. Já Vila Nova de Famalicão apresenta uma tendência contrária e tem números mais elevados do que os vimaranenses, apesar de um universo de consumidores mais baixo: 63.128, menos 12.912 do que Guimarães.

Para além dos valores globais, o estudo publicado pelo INE a 28 de fevereiro faz uma análise detalhada à diferença entre o consumo doméstico e o industrial, sendo que também aqui os dados colocam Guimarães acima da média. Na vertente doméstica são Vila Nova de Famalicão e Guimarães os concelhos com os valores mais elevados, com um consumo de 2.901 e 2.874 kwh por consumidor respetivamente. A nível nacional, a média fixa-se no 2.240.

Já na vertente de consumo na indústria os valores sobem e é Vila Nova de Famalicão que se destaca com os números mais elevados. No entanto, o número de consumidores na indústria é também diferente: Guimarães conta com 1.854, Braga com 1.515, Famalicão com 1.426 e Fafe tem 598. Aqui, e apesar de Guimarães ter mais consumidores do que os restantes três concelhos, tem um consumo inferior ao dos famalicenses: 204.794 kwh por consumidor, sendo que Famalicão regista 375.065 kwh por consumidor.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?