UMinho avalia literacia em saúde entre estudantes portugueses

 Dois em cada três estudantes do ensino superior têm medo que a vida piore  e 80% sente o seu futuro ameaçado, são conclusões preliminares do estudo COVID-HL student survey.

Rafaela Rosário, da Escola Superior de Enfermagem (ESE), da Universidade do Minho, e pela Universidade Nova de Lisboa, lidera a investigação COVID-HL student survey, em Portugal. Este estudo tem como objetivo analisar a literacia em saúde relacionada a COVID-19 em estudantes do ensino superior.

O projeto está integrado numa rede de 38 países europeus e avalia a literacia em saúde relacionada com a covid-19 em estudantes do ensino superior. Até ao momento, em Portugal participaram 3084 alunos no questionário. A conclusão preliminar evidencia que dois em três daqueles estudantes têm medo que a vida piore e aproximadamente 80% temem que as mudanças externas, como as condições económicas e políticas, possam ameaçar o seu futuro.

A recente pandemia associada ao novo coronavírus e à COVID-19, tem conduzido ao incremento de informação diversificada disponível na Internet, considerando questões como o diagnóstico, tratamento, comportamento protetor, medidas preventivas, estatísticas e recomendações do associadas à COVID-19.

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?