Mais Guimarães, o jornal “agora digital” dos vimaranenses

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

Em seis anos a nossa vida pode mudar muito. Em seis anos, a realidade, a vida de uma empresa ou instituição pode mudar muito. A vida de um jornal também.

Se há coisa que esta pandemia que atravessamos colocou a nú foi a nossa vulnerabilidade, a verificação de que o nosso poder para controlar a vida e o mundo mais não passa do que uma ilusão: uma teimosa ilusão. Na verdade, iludimo-nos frequentemente com esta ideia de que o amanhã será exatamente o que nós quisermos que seja.

Mas isso não é necessariamente mau. Nem é mau sequer!

Os fatores “incontroláveis” chamemos-lhe assim, são aqueles que nos exigem esforços redrobados, atenção, foco e competência para os ultrapassar ou contornar. São os que nos fazem sentir vivos e mais que máquinas, que repetida e inconscientemente fazem ou controem coisas.

Há seis anos surgiu o Mais Guimarães – O Jornal.

Espreitando este tempo, só poderemos sentir-nos orgulhosos do trabalho que desenvolvemos, de informaçao dos vimaranenses, respeitando-os. Mantivemo-nos, nestes seis anos, firmes no desempenho da nossa função, informando com rigor, independência e pluralidade, como nos propusemos.

A pandemia, que veio apressar o processo de digitalização das coisas, obrigou-nos a pensar e a reposicionar o jornal, colocando-o mais próximo e mais disponível. Este é agora o Jornal Digital Vimaranense, que coloca à distância de um clique as notícias relevantes que dizem respeito ao nosso território.

O ser humano é avesso à mudança, sobretudo por medo do desconhecido. Mas nós vamos continuar a olhar para ela, para a mudança, como um desafio constante, porque se há certeza é que ela vai sempre lá estar, e procuraremos fazer sempre mais, e fazer melhor.

Obrigado a todos os que nos acompanham e apoiam este projeto editorial.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?