MusiCall dá a conhecer projetos de músicos vimaranenses este fim de semana

O Centro Cultural Vila Flor recebem, no próximo fim-de-semana, festival de Música Vimaranense, MusiCall. A 28 de agosto, Theo e Needle sobem a palco, a partir das 21h30. Yellow Beanie e Zebra Libra são os nomes que fazem parte do último dia do cartaz, atuando a partir das 17h00.

Theo é João Gonçalves, nascido nas Caldas das Taipas. Movido sempre pelo gosto por música, este ficou mais marcado pelo Grunge dos anos 90. Foi vocalista e guitarrista de algumas bandas da região e no seu projeto Theo procura criar música mais à sua imagem. Pedro Conde é o seu apoio na criação dos temas e companheiro de outras paragens.

No verão de 2020 lançou o seu primeiro single, Smoking Gun, e em dezembro do mesmo ano lançou o seu álbum de estreia, Sinner. Neste disco, Theo aproveitou a oportunidade para canalizar as suas muitas influências e experiências de vida. Desde a textura da música grunge, até o limite bem arredondado de suas letras pessoais.

Em julho de 2021, Theo lançou o seu segundo disco, The World is not the same. Neste trabalho, esforça-se para expandir os limites com o seu som e unir vários elementos de diferentes gêneros para criar um estilo dinâmico e equilibrado. O músico tenta conectar-se intimamente por meio do seu lirismo com ouvintes de todo o mundo.

Oriundos de Guimarães, os Needle são Soraia Silva, Luís Costa, Tiago Sousa, Kevin Mota e Xavier Araújo, e formaram este projeto em 2017. A sua sonoridade situa-se algures entre o rock progressivo e o post-rock, com influências de Tesseract, Opeth e Porcupine Tree.

Em 2018, sagraram-se vencedores do concurso de bandas da Universidade do Minho e lançaram o single de estreia, Misty Path, que viria a integrar o EP Converge, editado no primeiro trimestre de 2019.

Desde a sua formação, passaram por palcos como o Enterro da Gata, Laurus Nobilis Music, Metalpoint, São Mamede CAE, e Comendatio Music Fest.

Atualmente, estão focados na produção do próximo trabalho discográfico, Fall, com lançamento previsto para finais de 2021 e que conta já com os singles de avanço The Absconder e Warden.

Yellow Beanie é o novo projeto do vimaranense Nuno Meneses e surge “do antepassado” de Capitão Zequinha, o último álbum do músico.

O álbum de 2016 foi um diário de algumas das memórias do antigo capitão, e é a partir daqui que “renasce” esta personagem. Este projeto é “a trilha sonora para a vida e outras histórias”, a começar pela descoberta e a viagem ao Mundo de Nashe.

It’s a Nashe World, o álbum instrumental de dez faixas, já pode ser ouvido nas plataformas digitais e, apesar de, gravado a solo, entre o piano e sintetizadores, Nuno Meneses promete uma adaptação, com outros músicos.

Formados no verão de 2018, os Zebra Libra são uma banda jovem, energética e moderna que apresenta uma sonoridade de Rock adaptada aos tempos atuais.

Editaram em 2019 o seu primeiro EP, intitulado iLLadvised, com o qual se apresentaram ao público. Desde o punk-rock de John Doe ao hard-rock de Static Shock, passando também pelo funk-rock de Clarify, desde cedo mostraram a sua versatilidade e proficiência em vários estilos.

Entre o verão de 2019 e o início de 2020, começaram a mostrar o seu trabalho ao público, tendo atuado um pouco por todo o Portugal e passado por sítios como o festival Laurus Nobilis, o São Mamede CAE e o Festival do Avante.

Em 2020 e 2021, apesar de não terem tido tantas atuações ao vivo, continuaram a escrever e lançar música, tendo como destaque (De)generation) e Up The Stream, acompanhadas por videoclipes.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?