Novas ideias de negócio apresentadas na UMinho

Oito novas ideias de negócio de (ex-)alunos e investigadores da Universidade do Minho são apresentadas esta quarta-feira, dia 30, na final da 23.ª edição do IdeaLab – Laboratório de Ideias de Negócio. A iniciativa da TecMinho, interface da UMinho, decorre das 14h00 às 17h30, no espaço B-Lounge da Biblioteca do campus de Azurém.

© Direitos Reservados

Na sessão há para descobrir uma tecnologia que imita a natureza para proteger as abelhas (Apis in Culture), uma solução de domótica inteligente (BiKUB), uma nova marca de calçado unissexo (S corpus) e uma app para gerir a ciberviolência interpessoal (gen-Z). Há ainda a proposta de um centro de gestão de informação clínica (openIT care), um tratamento de resíduos biológicos com bactérias geneticamente modificadas (MetaStrain), um software avançado para empresas de climatização (Termo) e um sistema para a organização, supervisão e apoio à decisão clínica (Upbit Solutions).

Os autores trazem os seus projetos em formato pitch, que são de seguida analisados por um painel de convidados, formado por elementos da Portugal Ventures, do IAPMEI, da Invicta Angels e do Município de Esposende. As ideias provêm de diversas áreas científicas e foram amadurecidas nos últimos quatro meses com apoio gratuito, desde acompanhamento especializado, seis workshops, sessões de networking e, agora, a apresentação a investidores.

O IdeaLab é pioneiro nas universidades portuguesas. Desde 2009, já apoiou mais de 700 empreendedores, 330 ideias de negócio e lançou 51 empresas, sendo que 36 estão ativas no mercado. A iniciativa tem a parceria do Departamento de Produção e Sistemas da UMinho e financiamento do projeto UI-CAN, por via do Compete/Portugal 2020 e do Fundo Social Europeu.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?