NOVOS TALENTOS DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL CHEGAM A GUIMARÃES

Arranca esta quinta-feira o workshop de encerramento da edição deste ano do “Programa Gulbenkian Novos Talentos em Inteligência Artificial”. Instituído pela fundação que lhe dá o nome, o projeto “quer atrair estudantes para a investigação em inteligência artificial, atribuindo bolsas anuais. Os bolseiros “são integrados num programa em que, sob a orientação de tutores, realizam um trabalho de estudo e de investigação aprofundada” naquela área.

E esses talentos, ainda por descobrir, são estudantes de instituições de ensino superior portuguesas com “queda” para a coisa. “Dois dos concorrentes são da Universidade do Minho”, informa Paulo Novais, coordenador da Comissão Científica do programa, que se refere à academia minhota como “uma das melhores do país”.

O encerramento do programa acontece em Guimarães “por vários motivos”, aponta Paulo Novais. “Primeiro, porque existe um esforço de descentralização por parte da Gulbekian. Depois, pela qualidade da universidade que tem um campus nesta cidade. E, por fim, pelos esforços que se têm vindo a fazer em Guimarães no que diz respeito à inteligência artificial”, enumera. O coordenador científico realça o “prestígio da bolsa Gulbenkian”, que é “de número limitado a nível nacional” e que, por isso, gera “um programa muito competitivo”. Se estes serão os profissionais da inteligência artificial do futuro? “Potencialmente, mas estes são estudantes que tiveram pouco ou nenhum contacto com a área. O objetivo é potenciar talento”, responde.

Amanhã, a apresentação dos projetos dos estudantes concorrentes será à porta fechada. O workshop de hoje, apoiado pelo Município, é aberto ao público e tem início às 17h00, na Plataforma das Artes.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?