O objetivo é “reforçar a bancada do Chega no parlamento”, diz Nuno Vaz Monteiro

Para Nuno Vaz Monteiro, o vimaranense que ocupa o quinto lugar da lista do Chega pelo distrito de Braga, “os objetivos (do partido) há muito que estão definidos e são bem claros”, e passam por conseguir “o maior número de votos para eleger um considerável número de deputados de forma a que se consiga formar Governo à direita”.

© Direitos reservados

Ao Mais Guimarães, o militante do Chega adiantou que, com esse reforço da votação, o partido quer integrar o próximo Governo com os “ministérios que consideramos essenciais, para que se consigam realizar profundas reformas nas instituições democráticas que transformem o atual regime, tão necessitado de grandes e profundas mudanças”.

Em Braga, disse o candidato, “lutaremos, obviamente, por um grande resultado de forma a reforçar a bancada do Chega no parlamento e claro, espero ser eleito, para que Guimarães tenha uma voz forte nas galerias de S. Bento”.

Também quanto ao distrito, afirmou que “apresenta muitas carências, sobretudo ao nível das infraestruturas”, sendo “necessário criar melhores vias de acesso a concelhos como Vieira do Minho, Amares e Terras de Bouro e apostar ainda mais na promoção e divulgação das belezas da nossa região”.

Já quanto a Guimarães, Nuno Vaz Monteiro considerou existirem “algumas questões” a necessitarem de solução “urgente”, adiantando algumas que respeitam à mobilidade, nomeadamente a ligação ferroviária entre Guimarães e Braga que, adiantou, “além de permitir uma considerável diminuição do trânsito e da poluição, facilitaria em muito a circulação das populações das duas cidades, bem como o desenvolvimento de muitas vilas e freguesias onde se poderiam construir estações e apeadeiros”, e também considerou importante “que se conseguisse o regresso do comboio Alfa-pendular à estação de Guimarães”.

Ainda na mobilidade, considerou “urgente resolver alguns problemas rodoviários, como é o caso da nacional 105, do acesso à rotunda de Silvares, ou o acesso do Ave Park à A11.

Noutras áreas, Nuno Vaz Monteiro disse ser “importante melhorar a oferta de habitação em Guimarães, aumentar a oferta e baixar preços, o que necessário for para segurar os jovens de Guimarães, e para cativar famílias para o concelho”.


©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?