O Vitória é Guimarães, sim. Mas Guimarães tem de ser mais Vitória!

Bem-vindos a Guimarães, a cidade onde os projetos do Vitória mais depressa regridem, do que avançam!

© Joel Ferreira

A saga da nova academia do Vitória Sport Clube parece não ter fim à vista. Há 10 anos que este tema paira sobre a nossa cidade, ressurgindo convenientemente a cada ciclo eleitoral, como se fosse uma boia de salvação para políticos sedentos de votos.

Em 2018, o atual presidente da Câmara Municipal de Guimarães,
Domingos Bragança, prometeu uma academia pronta a usar em 2022.

Chegados a 2024, nem sequer terrenos temos. É caso para perguntar: será que os nossos políticos jogam na mesma equipa que o Vitória?
O mais recente episódio desta novela surge com as informações de negociações com a Câmara de Fafe para edificar naquele concelho a nova Academia do Vitória SC. E eis que, os partidos locais despertam.

O PS, pela voz do ex-vereador do Desporto, Ricardo Costa, vem
defender que o Vitória é “parte de Guimarães”. Mas pergunto-me: onde estava esta preocupação durante o seu mandato? Que ações concretas foram tomadas para resolver este impasse?

Do outro lado do espectro político, o PSD não ficou atrás. Numa
demonstração de oposição sem substância, limitou-se a criticar a inação do município, sem apresentar soluções concretas.

E que dizer do atual presidente da Câmara, Domingos Bragança?

Depois de prometer uma academia para 2022, agora vem falar de alterações ao PDM e de uma “convergência total” com o Vitória que, aparentemente, é notícia para o próprio clube. A proposta de uma comissão de acompanhamento soa mais a uma manobra dilatória do que a uma solução efetiva.

É lamentável que, passados 10 anos e algumas eleições autárquicas, continuemos no mesmo ponto. O Vitória, símbolo maior da nossa cidade, merece mais do que promessas vazias e jogos políticos.

É tempo de ação, não de palavras.
E já agora, já que falamos de promessas por cumprir, onde está o novo pavilhão da Escola João de Meira para apoio das Modalidades do Vitória SC?

Há um ano e meio, faltava apenas uma assinatura mas parece que o projeto ainda nem saiu do papel…

Para terminar, não posso deixar de perguntar: onde está o relatório com as conclusões dos incidentes provocados pelos adeptos croatas?

A falta de transparência e respostas é mais uma prova da gestão deficiente dos assuntos relacionados com o nosso clube.

Como vimaranenses e vitorianos, exigimos mais. Exigimos respeito pelo nosso clube e pela nossa comunidade.

Chega de usar o Vitória como arma de arremesso político. É hora de honrar o espírito conquistador que corre nas veias desta cidade e finalmente concretizar os projetos que há tanto tempo aguardamos.

Viva o Vitória!

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES