Parque de Camões vai deixar de ser gratuito

O parque de estacionamento de Camões que a Câmara tinha isentado de pagamento, para dinamizar o comércio no centro, em tempo de pandemia, vai passar a ser pago.

A proposta para que o estacionamento no parque de Camões, inaugurado em agosto de 2019, passasse a ser pago, foi aprovada na Reunião de Câmara de dia 16.

Segundo o presidente da autarquia trata-se de assegurar a rotatividade. Segundo Domingos Bragança, a auscultação que fez junto das associações do comércio e dos serviços da Câmara, levaram-no a concluir que não há suficiente rotatividade das viaturas que usam aquela infraestrutura.




A isenção de pagamento será, na opinião do presidente, o obstáculo à rotatividade. A proposta que foi levada a reunião de Câmara apontava para um período de duas horas gratuito. A proposta que foi aprovada, contudo, acabou por comtemplar uma período de quatro horas sem qualquer custo.

“Corresponde a uma manhã ou uma tarde completa”, afirmou Domingos Bragança. “A base é uma gratuitidade, mas temos que aumentar a rotatividade. Não podemos transformar o parque de Camões numa garagem”, acrescentou o Domingos Bragança.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?