PLANO DE DEFESA DA FLORESTA COM PARECER FAVORÁVEL DA COMISSÃO MUNICIPAL

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta de Guimarães emitiu parecer favorável ao Plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios elaborado pela Câmara Municipal.

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra incêndios de Guimarães reuniu, esta segunda-feira, dia 26 de fevereiro, e emitiu parecer favorável à atualização do Plano Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), depois da sua apresentação e discussão, para envio ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) com vista à sua aprovação final.

Esta sessão, presidida pela vereadora do Ambiente, Sofia Ferreira, contou com representantes dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas, Associação de Silvicultores do Vale do Ave, Polícia de Segurança Pública; Guarda Nacional Republicana, Polícia Municipal, da Assembleia Municipal, do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, do Gabinete Técnico Florestal de Guimarães e do Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente.

Sofia Ferreira, destacou a campanha de prevenção que já se encontra no terreno numa “perspetiva informativa” ao munícipe sobre limpeza da vegetação em terrenos florestais. Até ao dia 15 de março decorrerão os trabalhos de limpeza e gestão de combustível nas faixas por todos os obrigados. O prazo difere do habitual que costuma decorrer entre o final do período crítico do ano anterior e 30 de abril de cada ano. Até 31 de maio, a Câmara Municipal tem de garantir que todos os trabalhos de gestão de combustível estão realizados e caso não estejam deve substituir-se aos proprietários e outros produtores florestais em incumprimento.

“A Câmara Municipal de Guimarães, por indicação do senhor Presidente, não se poupará a esforços na campanha de prevenção contra os incêndios. É importante agilizar com todas as entidades a execução destes trabalhos de limpeza em áreas de gestão de combustível”, destacou ainda Sofia Ferreira.

O PMDFCI será agora remetido ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, sendo o organismo da administração indireta do Estado com a missão de contribuir para a valorização e conservação dos aspetos relativos aos recursos florestais, à natureza e biodiversidade em Portugal.

Entretanto, na próxima sexta-feira, dia 2 de março, está agendada uma sessão de esclarecimento com todos os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?