BEBÉS ATENTOS E CABELOS BONITOS: ASSIM SERÁ O 17º PUBHD UMINHO

Com quantos meses consegue um bebé reconhecer o movimento da sua mãe? E como poderemos melhorar a absorção cutânea de cremes ou pomadas?

Isabel Lisboa é aluna de doutoramento no Centro de Investigação em Psicologia (CIPsi) da Universidade do Minho. Iniciados em 2014, os seus estudos pretendem perceber como e quando é que os bebés passam a distinguir o movimento das pessoas do dos objetos, passo importante no desenvolvimento de competências sociais. E ainda quando passam a preferir o movimento de alguém próximo (como os pais) relativamente ao movimento de estranhos. Os resultados poderão ajudar na detecção precoce do desenvolvimento atípico em bebés.

José Antunes, aluno de doutoramento, vem do Centro de Engenharia Biológica (CEB) da Universidade do Minho onde desde 2013 que está a trabalhar em modelos computacionais da pele e do cabelo. O seu objetivo é entender como funcionam estas estruturas biológicas a nível microscópico. Com as ferramentas desenvolvidas obtém-se informação muito importante sobre a organização molecular dos tecidos, o que permite uma melhor compreensão de algumas doenças e nos deixa mais perto de encontrar uma cura.

O PubhD (pub=bar e PhD=doutoramento) é um movimento de divulgação da ciência que surgiu em Nottingham, Reino Unido (2014) e se realiza agora em 22 cidades europeias. O PubhD UMinho é organizado pelo STOL – Science Through Our Lives, desde Janeiro de 2016, nas cidades de Braga e Guimarães. A entrada é livre.

Amanhã, 29 de Junho, das 21h00 às 22h30 no Bar da Ramada, Guimarães.

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?