24 de junho: Guimarães acordou com o hastear das bandeiras

Foto: Hugo Marcelo/Mais Guimarães

No dia 24 de junho de 1128, no campo de São Mamede, em Guimarães, travou-se um confronto entre Afonso Henriques e as tropas dos barões portucalenses contra as forças de sua mãe, a condessa D. Teresa, e do galego Peres de Trava. O triunfo do infante começou a desenhar a corrente de independência que rejeitava a ideia de um reino que englobasse a Galiza e Portugal. A Batalha de São Mamede deu, então, origem à primeira tarde portuguesa no dia em que se começou a desenhar a fundação da nacionalidade. Quase 900 anos depois, celebra-se ainda, com mais fervor em Guimarães, o primeiro dia de Portugal. As comemorações do dia 24 de junho, integradas no programa do Dia 1 de Portugal, já arrancaram e prolongam-se até domingo, dia 26 de julho.

A inauguração do mural “Origem”, criação de Ana Monteiro, às 18h00 de ontem, dia 23, foi o primeiro evento integrado no programa. No entanto, o epicentro do programa é hoje, no feriado municipal de 24 de junho. Quando as ruas ainda estavam a despertar para um novo dia, as bandeiras foram hasteadas nos Paços do Concelho para dar início às comemorações. O executivo vimaranense seguiu depois para a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, onde, a partir das 10h00, se realizou a missa solene com a participação do Chorus Anima Populi.

À margem das comemorações, e sem permitir que a chuva interferisse nos planos, partiu do Estádio D. Afonso Henriques, por volta das 10h00, o passeio de bicicleta “Dia 1 de Portugal”, evento promovido pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães. Ao final da manhã, pelas 11h30, as atenções vão estar centradas em Candoso S. Martinho para a inauguração do Parque da Batoca, projeto que nasceu no âmbito do Orçamento Participativo de 2016.

Durante a tarde, já depois de visitar a Feira Afonsina, que se prolonga até ao próximo domingo, prosseguem as celebrações. Às 17h50 será homenageado aquele que é tido, pela história, como o fundador da nacionalidade. O executivo vimaranense vai deslocar-se à estátua de D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, para a oferta de uma coroa de flores. No Campo de S. Mamede, às 18h00, vai dar-se a abertura do módulo 3D da Batalha de São Mamede, um filme imersivo e inovador a 360 graus. O encerramento deste dia acontecerá pelas 18h30 com a sessão solene evocativa, presidida por José Luís Carneiro, ministro da Administração Interna, no Centro Cultural Vila Flor.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?