27 De janeiro: Dia de lembrar as vítimas do Holocausto

Por Eliseu Sampaio.

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto é celebrado anualmente no dia 27 de janeiro, no dia de aniversário da libertação dos prisioneiros do Campo de Concentração e Extermínio Nazi de Auschwitz-Birkenau pelas tropas soviéticas. O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto foi proclamado através de uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas de 01 de novembro de 2005.

Este 27 de janeiro é dia de nos reunirmos para lembrarmos um dos crimes mais hediondos do nosso tempo. Sim, do nosso tempo, embora esse período macabro nos traga à memória histórias de épocas em que o homem vivia em modo menos racional. Convém lembrarmo-nos que o dia que hoje, que de certa forma celebramos, ocorreu há apenas 76 anos. Lembremo-nos que, no Holocausto, deu-se o assassinato sistemático de milhões de homens, mulheres e crianças.

Neste dia Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto tracemos dois objetivos claros: em primeiro lugar, o de prestar homenagem às vítimas e, em segundo, relembremo-nos da necessidade de combater qualquer forma de intolerância que possa levar à violência.

Este é um dia para evocamos todas as vítimas da ideologia nazi e, por extrapolação, de todas as ideologias extremistas, intolerantes. Relembremo-nos hoje não apenas das vidas dos milhões de judeus, mas também de todos aqueles que, pelas suas origens, crenças, orientação sexual, condições físicas e opções políticas foram perseguidos, e dos milhões de prisioneiros de guerra mortos pela fome, pela doença ou pelo trabalho forçado.

Manter viva a memória do Holocausto é fundamental para que não se esqueçam os perigos que advêm da intolerância, do ódio, da xenofobia, do racismo, do antissemitismo e da discriminação.

Prometamos que nunca esqueceremos. Prometamos continuar a contar as histórias das pessoas que partiram naquele momento doloroso, e a honrá-las, defendendo o direito de todos de viver com dignidade num mundo justo e pacífico.

Assim como o ódio persiste, a nossa determinação deve sempre combatê-lo.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?