ACESSO AO PARQUE INDUSTRIAL DE S. TORCATO PREOCUPA EMPRESÁRIOS E MORADORES

O acesso ao Parque Industrial de S. Torcato, na rua D. Afonso Henriques, está a deixar preocupados os moradores e empresários com instalações naquela zona empresarial.

O desgaste da via, em paralelo, faz com que os veículos pesados passem dificuldades em ultrapassar a inclinação da estrada. Para além da falta de aderência nos pneus, a largura da estrada também dificulta a manobra durante a passagem.

António Fernandes, um dos moradores, afirma que os habitantes da rua já abordaram a Junta de Freguesia no sentido de alertar para os problemas da via. “Já vieram cá ver e não fizeram nada”, frisa. António Fernandes afirma que um dos moradores da rua está disponível a ceder um pouco do seu terreno para resolver a situação.

Fernanda Freitas, empresária de uma empresa localizada na rua D. Afonso Henriques, refere que já encontrou por diversas vezes o muro danificado. “Infelizmente o muro tem aparecido esmurrado”, conta.

Contactado pelo Mais Guimarães, o presidente da Junta de Freguesia de S. Torcato, António Martins, refere que “ainda não recebeu notificação oficial dos empresários e moradores, mas já foi contactado de forma oficiosa para o problema”. O autarca recorda que a estrada em questão é da competência do município. “A Junta de Freguesia já fez chegar por oficio à Câmara Municipal esta dificuldade. Sensibilizamos a Câmara para assumir a requalificação de um problema que se arrasta há bastantes anos”, explica.

António Martins sublinha que a Câmara está “sensível” e vai requalificar a via, assim como todo o parque empresarial. “Este problema tem de ser resolvido de raiz”, frisa o autarca, acrescentando que “há empresas que estão a pensar em deslocar-se do município de Guimarães pela falta de condições do parque industrial”.

O presidente de Junta lembra ainda que o parque tem outros problemas. “No ano passado existiu uma interrupção na luz que foi resolvido pela junta durante o último mandato, mas as árvores têm de ser podadas regularmente, algo que a junta faz, mas que é da responsabilidade da Câmara”.

Quanto à requalificação do pavimento, o autarca diz que a “Junta não está em condições de fazer a obra” e a única hipótese seria “remediar.” “Não estamos a falar de um investimento muito grande. São 200 metros de pavimento. Acho que a Câmara vai ser sensível para a melhoria do Parque”, conclui.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?