ÁGUAS DO NORTE JUSTIFICA DESCARGAS COM “EXCESSO DE AFLUÊNCIA DE ÁGUAS PLUVIAIS”

O Mais Guimarães procurou, junto da Águas do Norte, perceber o que teria provocado as descargas que afetam o rio Selho há quase uma semana. Segundo fonte da empresa, a ocorrência “deveu-se a uma situação anómala de sobrecarga hidráulica do intercetor do rio Selho, decorrente do excesso de afluência de águas pluviais às redes municipais de saneamento que resultou das condições meteorológicas adversas que se fizeram sentir nos últimos dias”.

Segundo a mesma fonte, a Águas do Norte “efetuou de imediato as diligências necessárias no sentido de se garantir o máximo de escoamento no referido intercetor de drenagem de águas residuais”. Contudo, na manhã de terça-feira, 03 de abril, o problema ainda não estava resolvido. O coletor continuava a transbordar água com uma tonalidade acinzentada.

Segundo informações prestadas pela Águas do Norte ao Mais Guimarães, na tarde de terça-feira, a situação encontra-se “em vias de ficar normalizada”

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?