ARS Norte cria linha para prestar apoio psicológico

Linha tem como objetivo promover a saúde mental e a obtenção de ganhos em saúde. Encaminhamento, se necessário, está garantido.

© DR

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte criou uma linha de apoio psicológico para profissionais da organismo e população da região Norte do país, devido à pandemia. O número 220 411 200 vai funcionar nos dias úteis, de segunda-feira a sexta-feira, entre as 08h00 e as 20h00, “como uma resposta complementar a outras linhas telefónicas existentes, a nível local e a nível nacional”, lê-se em comunicado.

“A Linha de Apoio Psicológico da ARS Norte tem como objetivo geral a promoção da saúde mental e a obtenção de ganhos em saúde, num momento de angústia e inquietação da nossa comunidade. Pretende-se disponibilizar cuidados psicológicos, criar um espaço de escuta ativa, de expressão emocional, facilitador de processos mais adaptativos; e ainda promover a resiliência psicológica e um maior bem-estar psíquico”, refere o comunicado.

No documento, lê-se ainda que a Linha de Apoio Psicológico da ARS Norte segue três pilares fundamentais. Está garantida a “aceitação incondicional do outro, respeitando o ritmo e a expressão livre das necessidades de quem procura o apoio, reforçando as vertentes da relação”, bem como a “escuta ativa e aconselhamento, integrando, se necessário, a disponibilização de informação adequada e adaptada aquele cidadão”. O terceiro pilar assegura “a a sinalização do utente, de modo a facilitar e agilizar o processo de encaminhamento e referenciação para os serviços regulares de saúde”.

Esta é uma iniciativa que junta os órgãos administrativos e organizativos da ARS Norte, a Unidade Local Saúde (ULS), a Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (DICAD) e os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES), numa articulação com um grupo de psicólogos das entidade referidas, bem como de hospitais.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?