AVH ACONSELHA “O ENCERRAMENTO PROFILÁTICO DE TODOS OS ESTABELECIMENTOS DO SECTOR”

© Direitos Reservados

A Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH) fez saber, através de comunicado, que “aconselha o encerramento profilático de todos os estabelecimentos do sector”.

Para a tomada de decisão, a associação diz sustentar-se “nas mais recentes informações e diretrizes veiculadas pela Direção Geral de Saúde, pelo Governo Português, e pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças”,

Salvaguardando que “a decisão caberá naturalmente a cada estabelecimento, avaliadas as respetivas circunstâncias”, a AVH crê que a medida “é fundamental na contenção da doença”, pelo que agir prontamente preveniria um cenário idêntico ao de Itália e Espanha.

“Apelamos aos nossos clientes que cumpram, igualmente, o seu dever e que, em caso de sintomas virais, se mantenham em casa e liguem de imediato para a linha de apoio da Saúde 24”, salineta a associação.

Bares do centro histórico de portas fechadas

Os bares do centro histórico vimaranense vão suspender atividade durante alguns dias. No decorrer desta sexta-feira, muitos estabelecimentos anunciaram que iriam estar de portas fechadas pelo menos durante o fim de semana.

“Tendo em conta os interesses de saúde pública, e em nome do bem estar dos nossos clientes, colaboradores e suas famílias e como medida preventiva face à pandemia da Covid-19, iremos encerrar a partir das 20h de hoje [sexta-feira] por tempo indeterminado”, anunciou o EL Rock Bar. No mesmo dia, o Bar da Ramada fez saber que optou por fechar durante o fim de semana, reabrindo na próxima segunda-feira: ” Esta decisão foi tomada tendo em conta a consciencialização pública para a gravidade da situação que nos tem acompanhado e também tendo em conta as obrigações que os estabelecimentos comerciais têm perante a saúde pública.

Na quinta-feira, o Oub’lá indicou que estará encerrado “até pelo menos, à próxima terça-feira”. ” Não podemos simplesmente esperar por outros ou por ordens superiores, o motivo é preocupante o suficiente para agirmos pelas nossas mãos. Estamos a viver algo sem precedentes e necessitamos da entreajuda de todos para ultrapassar esta fase estranha e de receio”, lê-se na informação disponibilizada na rede social Facebook.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?