BAIBA OSITE VENCE O PRÉMIO DE AQUISIÇÃO DA BIENAL DE ARTE TÊXTIL CONTEMPORÂNEA

“Substantia” é o nome da obra da letã Baiba Osite que venceu o Prémio de Aquisição da Contextile 2018. O anúncio foi feito na abertura oficial da Exposição Internacional, no passado sábado, 01 de setembro.

Foi com a obra “Substantia” que Baiba Osite convenceu o júri da Contextile 2018, o que lhe mereceu ter sido escolhida como vencedora do Prémio de Aquisição no valor de 2.500 euros. O anúncio foi feito por Lala de Dios, artista e presidente da European Textile Network, na abertura da Exposição Internacional, no Palácio Vila Flor, uma mostra dos melhores trabalhos que foram enviados para a apreciação do júri da Bienal, constituído por Lala de Dios, Magda Sobon, artista e curadora, Paulo Leocádio, diretor da ESAG, Fernando Penteado, artista e curador, e Cláudia Melo, diretora artística da Contextile 2018.
Presente na inauguração da exposição, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Guimarães, Adelina Pinto, referiu que Guimarães é um palco diferenciador da cultura em Portugal, uma vez que o orçamento que lhe é dedicado pelo Município não se baseia no indicador do Orçamento de Estado, antes o supera largamente. “Desde o centro da cidade até à freguesia mais recôndita, todos têm que ter acesso à cultura, motivo pelo qual dedicamos quase 10% do nosso orçamento à cultura”, disse Adelina Pinto. A vereadora enalteceu, a esse propósito, o facto da Contextile, com a diversidade de locais de exposição, conseguir chegar a um número alargado de público. “A Contextile enquadra-se nos desígnios do município, nesta Cultura para Todos”, referiu. O renascimento da indústria têxtil como uma indústria do século XXI e que se atualiza e se expande através do olhar artístico da Contextile, é, segundo Adelina Pinto, um caminho de futuro que Guimarães quer trilhar.
Para além do Prémio de Aquisição, foram atribuídas três Menções Honrosas. A colombiana Alejandra Ruiz, com “Piedras Textiles”, a holandesa Jenny Ymker, com “Inside Out”, e a norueguesa Aud Bækkelund, com “Basal Structure”, foram as agraciadas.
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?