BRAGANÇA REVELA QUE NOVA AUTOESCADA PARA OS BOMBEIROS DE GUIMARÃES SERÁ LEVADA BREVEMENTE A REUNIÃO DE CÂMARA

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães (AHBVG) celebrou 142 anos.

Na cerimónia de aniversário que está a decorrer ao longo deste domingo, dia 24 de março, o Presidente da Câmara, Domingos Bragança, revelou que a autoescada (que estava já prometida à corporação vimaranense) será um dos próximos temas a ser levados a reunião camarária e, posteriormente, à Assembleia Municipal. “Os Bombeiros da nossa cidade têm dificuldade de combate ao incêndio urbano. É urgente dotar os Bombeiros Voluntários de Guimarães de uma escada elevatória. Será levado a reunião de Câmara esse apoio”, disse, acrescentando que seria muito em breve.

O autarca vimaranense, na sua intervenção, saudou todos os bombeiros condecorados, sublinhando que é a “dedicação e excelência” daqueles homens e mulheres que poderá trazer novos voluntários, um dos problemas manifestado em todas as intervenções da cerimónia. “Esta condecoração faz todo o sentido, para que o vosso mérito faça com que mais jovens queiram ser voluntários”, referiu.

Bento Marques, Comandante dos BVG, frisou também a necessidade urgente de contar com mais voluntários, devido ao elevado número de ocorrências. “Se nada for feito, será mais difícil de recrutar e manter o voluntariado. O número de emergências tem vindo a aumentar, o que nos preocupa. Em 2018 foram 10733 socorros. Para fazer face a este aumento, a direção tem vindo a contratar mais elementos. Já contamos com 46 profissionais”, apontou.

Já o Presidente da AHBVG, João Miranda, revelou que a associação amortizou o total do passivo em 2018, de quase um milhão de euros. “Em 2018, encerramos uma fase importante da associação. Concluímos a amortização total do passivo desta associação. Relembro que em 2009, o passivo era quase um milhão de euros. Eram muitas dificuldades que ao longo dos últimos anos fomos resolvendo. É importante referir o papel decisivo das direções que nos antecederam. Iniciamos em 2019 um novo ciclo que permite encara o futuro com otimismo”, disse, acrescentando que a corporação vimaranense irá participar numa formação em Espanha que custará 40 mil euros, para apagar fogos urbanos.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?