CAMPANHA NACIONAL DE COMBATE À MÁ NUTRIÇÃO ESCOLAR CHEGA A GUIMARÃES

A Associação Portuguesa contra a Obesidade Infantil (APCOI) lançou um desafio a todas as escolas do país. O projeto “Heróis da Fruta – lanche escolar saudável”, visa combater a má nutrição das crianças.

Este é o maior programa de educação para a saúde a nível nacional e preocupa-se com questões que vão desde a obesidade até à falta de concentração das crianças, diminuição das defesas, falta de energia, entre outros problemas resultantes de uma alimentação deficitária.

A Organização Mundial de Saúde aconselha a ingestão de três porções de fruta por dia, mas a realidade mostra o oposto – 74.2% das crianças não come a dose diária de fruta recomendada diariamente.

Num contexto educativo mas divertido e simples ao mesmo tempo, a APCOI propõe com este projeto colocar os jardins-de-infância e escolas de todo a país a lutarem contra os problemas na alimentação. O “Heróis da Fruta” chegou à cidade de Guimarães e a EB1 de Oliveira do Castelo, participante na edição do ano passado, volta a concorrer. A edição deste ano conta ainda, tal como em 2016, com mais escolas do concelho.

Os alunos estão “motivados e muito felizes”, relata a professora Emília Lemos. Cerca de 102 crianças, de quatro turmas, incorporam este projeto e lutam pelo primeiro lugar com a gravação de um vídeo escolar alusivo ao projeto. Para a realização do vídeo foram necessárias cinco horas de preparação com o coreógrafo Pako, adiantando que “vai ficar espetacular, difícil vai ser escolher as melhores partes para o vídeo final” uma vez que “a energia está lá”.

O cariz educativo é de extrema importância para a equipa docente envolvida, pois “este tipo de projetos é super importante”, frisou.

Segunda-feira, dia 30, o projeto ficou terminado e estará disponível esta semana para votação na internet.

Rodrigo Areias, cineasta e responsável pela produção deste vídeo reforçou ainda a importância de “sensibilizar os pais e educá-los para darem lanches saudáveis aos filhos”. Segundo ele, este tipo de iniciativas altera o estilo de vida e muitas vezes é mais importante tocar primeiro nos pais do que propriamente nas crianças”.

Foto:©Mais Guimarães

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?