CASIMIRO COELHO LIMA HOMENAGEADO PELA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLISMO

A Federação Portuguesa de Ciclismo atribuiu o título de Sócio Honorário, a título póstumo, a Casimiro Coelho Lima, primeiro Presidente da Associação de Ciclismo do Minho e impulsionador da equipa de ciclismo da Coelima.

A deliberação foi aprovada no passado sábado em reunião da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo.

“A equipa de ciclismo Coelima foi uma das principais estruturas do pelotão português entre 1969 e 1983, participando em todas as principais corridas do País e em algumas fora de fronteiras. Contribuiu para o desenvolvimento da modalidade, criando uma relação de proximidade entre milhares de pessoas e o ciclismo, atraindo adeptos, mas também praticantes, treinadores, comissários e demais agentes”, refere a deliberação da Assembleia Geral da FPC que em 2019 assinala 120 anos de existência.

Primeiro presidente e Sócio Honorário da Associação de Ciclismo do Minho, Casimiro Coelho Lima nasceu em São Jorge de Selho (Guimarães) a 16 de janeiro de 1918, tendo falecido a 22 de setembro de 2005.

Recorde-se que também a Associação de Ciclismo do Minho, em novembro de 2012, homenageou Casimiro Coelho Lima e o Grupo Desportivo Coelima pelo contribuito para o desenvolvimento da modalidade.

Esteve na fundação da Associação de Ciclismo do Minho e do Clube Industrial de Pevidém, tendo ainda sido presidente do Vitória.  Casimiro Coelho Lima impulsionou a secção do ciclismo da Coelima e envolveu-se afincadamente no nascimento da ACM.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?