CDU crítica política de habitação da Câmara

A CDU afirma que a Câmara deixa a solução da habitação “ao sabor da lei da oferta e da procura”.

Em comunicado às redações, os comunistas de Guimarães afirmam que a Câmara “não tem sido competente na forma como encara um dos seus maiores problemas sociais, senão mesmo o seu maior problema do momento: a crónica falta de habitação. Na cidade e nas freguesias. Em especial, falta de habitação social e para jovens”.

Para a CDU “a Câmara assiste a este jogo lavando as mãos, o que em termos práticos é fazer o jogo dos especuladores imobiliários”, dizem.

A CDU insta o Município a agarrar a iniciativa do Governo, “para construir habitação acessível à juventude e a cidadãos de rendimentos abaixo da média”. De acordo com a CDU, esta deve ser a resposta de um “autarquia socialmente empenhada.”

Relativamente aos bairros sociais, a CDU afirma que recebe queixas quer dos que são geridos pelo IHRU quer dos que são geridos pela Câmara.


“Muitos blocos carecem de obras de fundo porque evidenciam problemas de construção, de nascença”, sustenta a CDU.

“Neste caso em concreto a Câmara deve exigir que o IHRU elabore um programa de obras nas estruturas danificadas, e deve colocar-se ao lado dos moradores na sua luta contra despejos selvagens, contra aumentos das rendas sem obras”, defende a CDU, no comunicado.



©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?