CDU LAMENTA CHUMBO DAS OBRAS NO HOSPITAL DE GUIMARÃES

O visto prévio para a execução de obras no serviço de Urgência do Hospital da Senhora de Oliveira não foi aprovado, de acordo com o acórdão publicado na página oficial do Tribunal de Contas. O motivo será a alegada “falta de fundos”.

Nesta tarde de sexta-feira, a CDU de Guimarães emitiu um comunicado onde “lamenta este novo adiamento, porque mais uma vez os utentes que recorrem ao serviço de urgências vão continuar a ser prejudicados”.

O comunicado começa por explicar o voto favorável do partido na Assembleia Municipal Extraordinária, do passado dia 20 de julho, em que a verba para a requalificação deste serviço do Hospital de Guimarães foi aprovada. “A CDU alertou que este investimento é da responsabilidade do Estado Central, do Governo, pelo que o acordo proposto pela Câmara Municipal para o financiamento da obra nos colocava sérias reservas e dúvidas, mas que face à urgência da obra, o acordo colheria o voto favorável dos eleitos da CDU”, lê-se. No entanto, perguntam se “a Câmara Municipal não tinha conhecimento desta situação na sexta-feira”.

A nota da CDU apela a que “as entidades envolvidas resolvam esta situação rapidamente e com o máximo empenho e dedicação. Consideramos ainda que a responsabilidade dos hospitais e das suas contas é do Estado e do Ministério da Saúde, pelo que se exige também a sua intervenção”.

O comunicado termina com o tema da descentralização. “Conclui-se assim, mais uma vez, que a “descentralização” que o PS quer e o PS de Guimarães apoia, só poderá levar-nos por este caminho de abandono e de desigualdades”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?