Chuva de meteoros das Perseidas tem pico a 12 de agosto

A famosa chuva de meteoros das Perseidas que ocorre até 24 de agosto de 2021, tem o seu pico a 12 de agosto entre as 20h00 e as 23h00, informa o Observatório Astronómico de Lisboa. Está prevista uma taxa de 110 meteoros por hora, “se as condições de observação estiverem perfeitas”.

Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa, a melhor ocasião para as observar a olho nu será a partir das 21h30 do dia 12 de agosto. “Antes dessa hora, além do céu estar ainda claro, o radiante está ainda abaixo do horizonte no lado norte do céu”.

A intensidade das Perseidas varia todos os anos, em parte devido às condições lunares. “Se estiver uma lua cheia brilhante acima do horizonte durante a noite de atividade máxima, a exibição será reduzida, pois a maioria dos meteoros são ténues e o luar dificultará a sua visualização”, explica o Observatório Astronómico. Contudo, este ano, o instante da fase da Lua Nova ocorre no dia 8 de agosto, o que proporcionará “excelentes condições” para a observação da chuva de meteoros das Perseidas na noite de 12 de agosto e madrugada de dia 13.

O Observatório Astronómico de Lisboa aconselha a ida para o campo, fora das luzes das cidades, com um horizonte desimpedido.

As perseidas são a chuva de meteoros “mais impressionante e popular” do ano, por terem uma alta taxa de meteoros e ocorrerem todos os anos no verão, no hemisfério norte, sob temperaturas agradáveis e noites estreladas.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?