Ciclovia de Guimarães avança para a zona urbana

A Câmara Municipal de Guimarães vai avançar com a construção da segunda fase da Ecovia, no âmbito da implementação de uma Rede de Percursos Cicláveis, através de eixos estruturantes que ligam os principais pontos de interesse da cidade tais como equipamentos, espaços públicos, serviços de transporte, áreas habitacionais, entre outros.

© Direitos reservados

Depois da construção da primeira fase da Ecovia, entre a Veiga de Creixomil e a Pista de Cicloturismo de Fafe, numa extensão de 17 quilómetros, a Câmara de Guimarães procede à intervenção de Ciclovias Urbanas, que se estende por 24 quilómetros desenvolvendo-se essencialmente no centro da cidade e abrange os principais equipamentos, serviços e zonas residenciais. A implementação será concretizada com pistas cicláveis (segregadas do trânsito automóvel), corredores cicláveis (a par do trânsito automóvel) e canais partilhados, recorrendo a pintura, sinalização ou outras medidas especiais.

A obra tem início esta semana com um prazo de execução de três meses, num investimento de cerca de 300 mil euros com o apoio do programa Portugal 2020, inserido no Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) da Comunidade Intermunicipal do Ave.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?