Coelima: ainda não foi hoje que se conheceu a solução

Depois de quatro horas de assembleia de credores não houve acordo quanto ao futuro da Coelima.

Foto: DR

Com efeito, os credores aprovaram relatório apresentado pelo administrador de insolvência, Pedro Pidwell, por 96% dos votos, mas não foi viabilizada nenhuma das três propostas de compra da empresa.

No decorrer da assembleia surgiu, entretanto, mais uma proposta de aquisição. A proposta foi apresentada pela empresa de S. Torcato, Vipetrade-comércio Internacional Lda. A empresa avançou com um sinal de 130 mil euros, contudo, a proposta foi votada negativamente. O único credor favorável à proposta da Vipetrade foi a Caixa Geral de Depósitos.

A assembleia decidiu abrir novo prazo para apresentação de propostas que termina às 18h00 da próxima segunda-feira, dia 21 de junho. Esta e as atuais propostas serão discutidas e votadas numa assembleia de credores agendada para o próximo dia 25 de junho.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?