Coligação Juntos por Guimarães quer aposta no turismo de proximidade

Segundo a Coligação Juntos por Guimarães, a decisão do Reino Unido de retirar Portugal da “lista verde” de países de destinos turísticos para onde os britânicos podem viajar sem necessidade de fazer quarentena no regresso, veio dar razão à proposta lançada por Bruno Fernandes para que o Município desse prioridade à promoção de Guimarães junto de portugueses e espanhóis.

“Com o grau de incerteza relativamente às viagens aéreas que, como agora se verificou, podem a qualquer momento ser sujeitas a regras diferentes, uma estratégia para o turismo de proximidade tem de ser uma prioridade para o Município”, reafirma Bruno Fernandes.

A proposta foi lançada pela Coligação Juntos por Guimarães, depois de uma reunião de Bruno Fernandes com a Associação Vimaranense de Hotelaria, no passado dia 11 de maio.

Esta é uma solução que deve ser adotada de imediato, para que todas as atividades que dependem do turismo possam salvar este ano. “Trata-se de uma estratégia que deve ser implementada a curto prazo, para garantir a sobrevivência do setor”, reforça Bruno Fernandes. “Apesar de Guimarães ser cada vez mais visitado por turistas de todo o mundo, a seguir aos portugueses, os espanhóis ainda são o segundo mercado emissor de visitantes para o nosso concelho. Temos que promover o concelho como um destino seguro, em Portugal e Espanha. Não nos podemos dar ao luxo de perder estes mercados que até devíamos desenvolver”, acrescenta o candidato da Coligação Juntos por Guimarães à Câmara Municipal de Guimarães, depois de visitar o Posto de Turismo, onde teve oportunidade de confirmar a importância deste turismo de proximidade.

A CJpG acusa o Município e a sua Divisão de Turismo de não ajudarem os empresários

A Coligação critica a vereadora com o pelouro do Turismo, Sofia Ferreira, pela recente apresentação , nos jardins do Posto de Turismo, da Praça de S. Tiago, de um programa de valorização dos produtos endógenos. “O aproveitamento culinário das cascas da fruta, ou as possibilidades culinárias dos produtos sazonais, são muito importantes, principalmente quando apresentadas por profissionais de gabarito, como foi o caso, contudo, a Coligação Juntos por Guimarães é de opinião que a vereadora do Turismo devia estar focada em projetos que, de uma forma mais objetiva ajudassem os empresários vimaranenses”, afirma a Coligação em comunicado.

“Mais de um ano passado sobre a declaração da pandemia – o primeiro estado de emergência foi declarado a 19 de março de 2020 – o documento de estratégia que orienta as opções em termos do turismo para o concelho ainda não sofreu nenhuma revisão. Será que o que consta naquele documento ainda vale para a situação que atravessamos? Se não, de que é que o Município está à espera para o alterar?” – Pergunta Bruno Fernandes.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?