Covid-19: Domingos Bragança quer reversão da medida que impede partilha de dados por parte das autarquias

“O presidente da Câmara Municipal é o representante cidadãos e munícipes. Tem de ser a pessoa mais informada para decidir bem”, disse.

© DR

“É um disparate e ninguém entende”. É desta forma que Domingos Bragança vê a orientação das autoridades de saúde que impede os delegados de Saúde de disponibilizarem informação diária sobre a evolução da pandemia covid-19 em cada um dos concelhos aos respetivos autarcas. O presidente da Câmara Municipal de Guimarães reiterou que espera uma reversão da medida “o mais rápido possível”.

“O presidente da Câmara Municipal é o representante dos cidadãos e munícipes. Tem de ser a pessoa mais informada para decidir bem”, afirmou Domingos Bragança na última sessão do primeiro dia do Fórum Internacional das Comunidades Inteligentes e Sustentáveis, uma plataforma de partilha dos principais avanços para o desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo dos municípios.

Por videoconferência, numa sessão que juntou três dos quatro autarcas do Quadrilátero – apenas o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, não marcou presença -, Domingos Bragança frisou que a orientação dada pelo Ministério da Saúde “foi um autêntico disparate, que é preciso reverter”. “Os presidentes querem e devem saber o que e necessário. Temos que dar respostas às pessoas e assim não o estamos a fazer”, realçou.

A polémica começou no último fim-de-semana, altura em que alguns autarcas acusaram o Governo de estar a tentar impor uma “lei da rolha” no que toca à divulgação do número de infetados por concelho. A ministra da Saúde negou, posteriormente, que as autoridades locais estivessem proibidas de divulgar a estatística local compilada.

“Quero esclarecer inequivocamente que não há qualquer proibição de partilha de informação. Há sim um apelo claro a que todas as entidades que integram o Ministério da Saúde, em especial as autoridades locais e regionais de saúde, se concentrem no envio de informação atempada e consistente para o nível nacional”, afirmou Marta Temido.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?