Covid-19: Obrigatoriedade de apresentação de teste leva a uma corrida às farmácias

Com a entrada em vigor, nesta quarta-feira, dia 1 de dezembro, do novo “Estado de Calamidade” e do consequente aumento de restrições e obrigações, deu-se a corrida aos testes covid-19.

A apresentação de um certificado com resultado negativo para a Covid-19 passou a ser obrigatório na visita a lares, na visita a pacientes em estabelecimentos de saúde, grandes eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados e recintos desportivos, nas discotecas e bares e também na entrada do país, via aérea, terreste ou marítima.

© Mais Guimarães

Entre as opções disponíveis, a que tem verificado maior procura, apurou o Mais Guimarães, são naturalmente os TRAg – Testes Rápidos de Antigénio comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde, cujo certificado é válido durante 48 horas. Os testes PCR têm validade de 72 horas. Recorde-se que os autotestes vendidos nas farmácias e parafarmácias não são considerados válidos para a emissão de certificado de testagem. Quanto dos Testes Rápidos de Antigénio comparticipados, cada utente tem direito à comparticipação de quatro testes por mês.

São atualmente cinco as farmácias que realizam TRAg comparticipados, no concelho de Guimarães:

Farmácia Dias Machado, no Centro Comercial Espaço Guimarães

Farmácia do Parque, na Rua Dr. Carlos Saraiva, na freguesia da Costa.

Farmácia Nunes de Sá, na Rua João Paulo II em Fermentões

Farmácia S. Torcato, em S. Torcato

Farmácia Vitória, no Guimarães Shopping

Os TRAg de uso profissional comparticipados podem ser realizados, atualmente, em Portugal, por 218 farmácias e 87 laboratórios aderentes, uma lista dinâmica, que se encontra em expansão à medida que mais estabelecimentos mostram disponibilidade para esta prestação, para a qual é requisito a inscrição na Entidade Reguladora da Saúde.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?