Covid-19: vacinação no Multiusos

Arranca hoje, quinta-feira, dia 4, a segunda fase do plano de vacinação contra a covid-19. O Multiusos será o local de vacinação em Guimarães, estando já reunidas as condições para que o processo possa ser iniciado, conforme apurou o Mais Guimarães. A coordenação do processo será da responsabilidade do ACES do Alto Ave.

Na primeira fase foram vacinados os profissionais de saúde, do setor público, social e privado, que foram identificados como prioritários, bem como os profissionais e utentes dos lares e da rede de cuidados continuados.

Na segunda fase serão vacinados os portugueses dos grupos etários de maiores de 80 anos e de 50 a 79 anos com uma das quatro comorbilidades que levam à sua integração no grupo prioritário (doença coronária, insuficiência cardíaca ou renal ou doença pulmonar obstrutiva crónica).

O Multiusos de Guimarães deverá ser o posto de vacinação em Guimarães, O Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Ave deverá montar pontos de vacinação semelhantes em Vizela e Fafe. Os espaços estão a ser validados pela Administração Regional de Saúde do Norte, após análise dos pareceres necessários para o efeito.

As pessoas a vacinar serão contactadas por SMS

A população destes grupos prioritários começará a ser contactada pelo Serviço Nacional de Saúde que agendará posteriormente a administração da vacina contra a Covid-19.

As pessoas incluídas nestes grupos receberão um SMS no número de telemóvel que está registado no sistema, com a informação da data e local do agendamento da vacinação, pedindo que a pessoa responda sim ou não. Se a pessoa responder sim, o agendamento fica confirmado. Se a pessoa responder não, ou não responder no prazo que é dado, irá receber um novo SMS com uma nova proposta de data, a que deverá responder sim ou não.

Na véspera do dia agendado, os utentes ainda receberão outro SMS a recordá-los do agendamento da vacina, com data hora e local do procedimento.

No caso de continuar a responder não, ou a não responder, a pessoa ficara registada para contacto posterior pelo centro de saúde por SMS ou por outra via, como por exemplo o contacto telefónico.

E, finalmente, não havendo outra possibilidade, será enviada uma carta, que é gerada automaticamente pelo sistema de informação das unidades de saúde familiar.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?