Crime de desobediência para homem acusado de violar confinamento

O Ministério Público acusa um homem de Fafe da prática de um crime de desobediência por violar o confinamento para visitar familiar no hospital.

O homem é acusado de se ter ausentado de casa, a 16 de maio, para se deslocar ao Hospital de Guimarães com o objetivo de se inteirar da saúde de um familiar, num momento em que estava em vigilância ativa, por apresentar sintomas compatíveis com covid-19.

A autoridade de saúde tinha notificado o homem por telefone e por e-mail, de que estava obrigado a confinamento na sua residência.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?