D. Afonso Henriques faleceu a 6 de dezembro de 1185

O primeiro rei de Portugal faleceu em Coimbra, a 6 de dezembro de 1185, tendo alargado os limites do Reino ao Sul da cidade de Lisboa.

Filho do conde D. Henrique e da infanta D. Teresa, D. Afonso Henriques terá nascido em Guimarães em 1109 ou 1111. Foi nesta cidade do norte de Portugal que foi criado e onde se fez homem liderando as forças que pretendiam um a independência de D. Afonso VII, Rei de Leão e Castela.

Em 1128, e já após a morte de seu pai Conde D. Henrique dá-se o confronto com a sua mãe D. Teresa. As tropas de D. Teresa defrontam-se com as de D. Afonso Henriques tendo estas saído vitoriosas – o que consagrou a autoridade de D. Afonso Henriques no território portucalense, levando-o a assumir o governo do condado.

Consciente da importância das forças que ameaçavam o seu poder, o jovem Rei mostra a sua capacidade de hábil político concentrando os seus esforços em negociações junto da Santa Sé com um duplo objetivo: alcançar a plena autonomia da Igreja portuguesa e o reconhecimento do Reino.

A Bula Manifestis Probatum de 1179, na qual o papa Alexandre III designava pela primeira vez D. Afonso Henriques rei, e ao qual dava o direito de conquistar terras aos Mouros sobre as quais outros príncipes cristãos não tivessem direitos anteriores reconhecem a sua legitimidade.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?