Da varanda ou da janela, “São Nicolau escutará!”

O convite para dia 29 de novembro está feito: “cheguemo-nos às varandas e janelas e pelas onze da noite, munidos de caixas e bombos, evoquemos a nossa Festa sem igual. Que ribombem como nunca! Toquemos a zabumbada que ecoará, como sempre, nas velhas ruas e paredes do nosso burgo.” 

“Chega em breve, como em todos os anos, a inquietação ao nosso coração que quer bater compassadamente com o alvoroço de bombos e caixas.”

Num vídeo dirigido aos “Nicolinos de todas as idades, Estudantes… Novos, Velhos…”, a Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães (AAELG), a Comissão das Festas Nicolinas 2020 e a Associação de Comissões de Festas Nicolinas (ACFN) lembram “a essência das Nicolinas: o convívio, a confraternização, a celebração”.

Neste ano atípico, “por culpa de uma estranha forma de vida chamada coronavírus”, pede-se que se mantenha o distanciamento social e até o recolher obrigatório. “Este ano a festa Nicolina será simbólica, mas cabe-nos manter o espírito”.

“Temos São Nicolau do nosso lado!”

“As Nicolinas são de Guimarães” e “desde há mais de 3 séculos que a nossa amada Festa invade as ruas do nosso Burgo”. Contudo, “a vida é um bem supremo e se queremos estar todos juntos na Festa do ano que vem, temos que viver as Nicolinas de modo radicalmente diferente: temos que as viver em casa!”




O repto está lançado, acender “as varandas, as janelas de nossas casas” e brindar. “Que cada sacada seja, ao mesmo tempo, um púlpito do Pregão, um poiso das maçãzinhas, um palco das Posses e uma passagem do cortejo do Pinheiro!”.

 A Comissão das Festas Nicolinas 2020, a AAELG e a ACFN relembram que “o Espírito Nicolino nunca morrerá”. 

“Temos São Nicolau do nosso lado!”

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?